Anúncios
//
LEED-arquitetura-sustentavel

Sustentabilidade

Os novos projetos de engenharia voltam-se LEED Scoring Systempara a sustentabilidade, a preocupação ecoeficiente, o uso de materiais ecológicos e reciclados são cada vez mais itens indispensáveis em grandes obras. A obtenção de certificações, selos de qualidade, garantia ecológicas e sustentáveis também são itens importantes, principalmente na hora de conquistar os clientes. A nova certificação difundida no Brasil é o LEED (Leadership in Energy and Environmental Design®), que certifica projetos. Dados do GBC Brasil apontam que, hoje, há 23 edificações já certificadas LEED no país e mais de 200 em processo de obter a certificação. Atualmente, a Eliane é associada à GBC Brasil.
 

Certificação LEED

Para obtenção de certificação LEED, as obras passam por diversas avaliações, desde aproveitamento de água na obra até avaliação dos materiais e produtos utilizados. As indústrias irão se adaptar às necessidades dos clientesLEED Scoring System. “As indústrias devem repensar o processo de produção para conseguir diminuir o impacto ambiental. Além de reduzir as perdas com a variação de tamanho, podem contribuir com a pontuação de um edifício que esteja em processo de obter a certificação LEED”.

Os produtos usados nas obras que pretende obter a certificação precisam apresentar uma inovação tecnológica. “Para conquistar a certificação é analisada uma série de requisitos, o projeto como um todo, o local escolhido, o canteiro de obras, a preocupação com o entorno”, explica.
O sistema de certificação LEED foi desenvolvido pelo United States Green Building Council em 1993. No mercado brasileiro, o Green Building Council Brasil divulga o sistema de certificação. No país, há cinco comitês temáticos que abordam os critérios de avaliação LEED: Espaços Sustentáveis (SS), Uso Racional de Água (WE), Energia e Atmosfera (EA), M538bf-painelsolarleedateriais e Recursos (MR) e Qualidade Ambiental Interna (EQ).

Práticas sustentáveis

Principais práticas adotadas nos empreendimentos sustentáveis: entre 20-40% de economia no consumo de água potável; 50-100% de economia de água potável para irrigação; 12-48% de economia no consumo de energia; 50-75% de todo resíduo gerado na obra desviado de aterros; 10-30% de todo material empregado de origem reciclada; 10-40% de todo material adquirido é de origem local; 50-95% de toda madeira, que certificada pelo FSC (Forest Stewardship Council) e 25% de redução da vazão e volume de água lançada na rede pública durante as chuvas, reduzindo impactos de enchentes. “A qualidade dos materiais do ponto de vista ambiental pode contribuir para um maior ou menor desempenho ambiental de um edifício”, frisa.

Anúncios

Discussão

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Anúncios
Projetos de arquitetura com videos e fotos renderizadas de casas mobiliadas, sobrados ou prédios de apartamentos. Certificação LEED-GBC- Arquitetura Sustentável. Projetos de arquitetura residencial por R$12,00/m2

Map IP Address
Powered byIP2Location.com

%d blogueiros gostam disto: