BLOG 4d PROJETOS ARQUITETURA SUSTENTAVEL

Estudo solar

Ao projetar edifícios na Australia uma exigência das autoridades locais para pedir diagrama de sombra. Particularmente com a evolução da arquitetura os programas permitem definir a hora, data e localização (latitude e longitude) para qualquer lugar do mundo, então produzir diagrama de ssombra sol com imagens e arquivos de animação.

Outro método para mostrar os efeitos de sombras pelo desenvolvimento proposto é posicionar a imagem de sombra 3D no plano local. Isso produz um diagrama de sombra para escalar precisos incluindo a situação das propriedades vizinhas.

informação de sombra pode ser usada para projetar edifícios melhor, com o uso de animação. Animação das sombras podem ser produzidos por um dia inteiro ou um ano inteiro, esses estudos sol pode ser usado para visualizar os efeitos da orientação do edifício, abrindo os tamanhos e Animações telhado etc excesso também pode ser usado como uma ferramenta de vendas para esse especial trabalho onde os clientes exigem.
– O estudo de dia inteiro gera as células em um determinado intervalo, a cada 10 minutos por exemplo, de sol a sol.

Estudo Ano – O estudo ano gera uma célula no tempo especificado a cada dia ao longo de um ano inteiro.

Os projetos de arquitetura, enquanto obras de criação intelectual de um arquiteto, são passíveis de proteção pela Lei que rege os Direitos Autorais (Lei nº 9.610/98).

Reciclagem de vidro e plastico

Vidro leva mais energia para reciclar do que o plástico por número de razões diferentes.

Para compreender essas razões, é necessário primeiro entender que o vidro leva mais energia para produzir inicialmente. A quantidade exata de energia necessária, é claro, depende do tipo de produto de vidro a ser produzido. Uma série de fatores diferentes entrar neste incluindo o tamanho , sua espessura, forma e outros fatores. No entanto, uma vez produzido o vidro, pode durar muito mais tempo do que alguns plásticos.

Vidro também não é tão eficiente como o plástico reciclado. O Instituto de Embalagem de Vidro observa que utiliza 66 por cento da energia no vidro reciclado que seria necessário para o fabrico de vidro novo, em média. Plástico mostra uma eficiência muito maior na utilização de energia para reciclar, necessitando apenas de 10 por cento da energia que leva para produzir novos plásticos.

Dado que o plástico, geralmente, usa menos energia para produzir do que o vidro, e dado que o plástico também usa menos energia para reciclar, em média, do que o vidro, a resposta a esta questão parece clara. Globalmente, o plástico é a escolha certa ao escolher um produto que usa menos energia para reciclar. No entanto, existem outros fatores a considerar ao escolher um produto de embalagem.

Em alguns casos, mesmo que o vidro pode demorar mais energia para reciclar, poderia ser a melhor opção. O vidro pode ser mais protetor, em alguns casos, do que o plástico. O vidro também pode preservar o sabor e o caráter de alguns alimentos e bebidas melhor do que o plástico.

Também é importante lembrar que não importa o produto escolhido, ele terá uma quantidade substancial de energia para reciclar. Existem custos de energia associados com coleta e transporte a um centro de triagem. De lá, os produtos podem ser encaminhados para um centro de reciclagem onde será realmente ser processado.

Dado o fato de que qualquer produto pode ter uma quantidade significativa de energia para reciclar, há outras opções que podem ser consideradas. Alguns deles podem ser tão bom como a reciclagem, se não melhor. O United States Environmental Protection Agency usa a frase “reduzir, reutilizar e reciclar” para promover boas práticas de conservação. A frase é simples de lembrar, mas representa muito mais do que um jingle memorável.

Muitos não percebem esta não é apenas dizer uma simples, mas sim uma forma de priorizar o uso dos produtos. Reduzir o uso de certos produtos, sejam elas de vidro, plástico ou qualquer outra coisa, é a melhor opção, pois se o produto não tem um uso inicial, não há razão para fabricá-lo. Reutilizar um produto vem em seguida. Esta é uma opção atraente porque não tem energia para reciclar. O consumidor é simplesmente encontrar um uso secundário para o produto ou a repetição do uso primário. A reciclagem é a terceira opção na hierarquia.

Pedras artificiais no paisagismo

pedras artificiais no paisagismo
pedras artificiais no paisagismo

Fazer pedras artificiais pode ser hobby ou uma profissão lucrativa.Combinando conhecimentos básicos de construção e da criação artística pode-se criar rochas artificiais de concreto que são virtualmente indistinguíveis das pedra naturais e podem ajudar no paisagismo da sua casa, realçando o projeto. E ainda podem ser reaproveitados restos de entulho de obra para confeccionar as pedras.

Pedras artificiais são muito baratas de fazer. De pedras soltas no jardim, a grutas em spa, muros de pedra, paredes de escalada ou ate cascatas artificiais, a rocha artificial tem muitos efeitos práticos na arquitetura sustentável, pois alem de não retirar pedras naturais do habitat ainda ha uma economia em transporte.
Você precisará usar um molde para criar sua pedra artificial, já que o concreto é muito pesado. Faça a massa de espuma do tamanho de sua pedra e uma capa de concreto com uma espessura de 5- 7 cm. Isso fará com que uma rocha artificial parece mais real e sera muito mais leve do que a pedra real. Você terá que envolver a espuma em uma tela de aço de reforço (tela de galinheiro) para que o concreto molhado ter algo para agarrar em superfícies verticais e de fornecer a força de coesão para o concreto.

Misture o concreto com uma espátula .Estas opções sao para pedras menores. Misture 3 partes de areia fina lavado com um ci5fd1b05019bb8bd01c3f64879289dbddmento portland.Você pode adicionar fibras de vidro para a mistura em pequenas quantidades. Cola de madeira, cinzas e sílica ativa também são usados para esculpir pedras a nível profissional . Adicione água até formar uma pasta grossa . Familiarize-se com formações rochosas. Esculpir rocha é uma habilidade muito comercial e requer prática para alcançar consistente resultados. 

Use uma esponja do mar para criar um marcas, vai aumentar drasticamente a aparencia de sua pedra.para tornar a pedra mais natural veja os efeitos que uma pedra real, tem.
Cura e textura do concreto – Concrete leva um mês inteiro para curar e é cerca de 75% de cura após a primeira semana . Se a pedra é deixado de se sentar ao sol durante a cura fio as fissuras será excessivo. Molhe com agua para evitar a cura muito rapida. Espere um mínimo de 3 dias completos de cura antes de iniciar esta etapa. Mais se você não estiver com pressa. Usando um grão fino raspando pedra moer toda a sua rocha artificial para remover borda áspera que o concreto tem ao toque.
Lavar antes de prosseguir para adicionar cor. Use um duro (mas não de arame) escova para limpar a poeira concreta de todos os cantos e recantos como este irá procurar insatisfatória mais tarde. Secar completamente antes de coloring Pintura do concreto – Usando frascos de spray e tintas à base de água que você vai múltiplas camadas de névoa de cores complementares e outra vez para criar uma cor de pedra profundo e realista. Inspecione pedra real perto para saber o que as cores que produzem efeito. Comum a inspeção de rock real são azul, verde, vermelho, laranja, amarelo, marrom, etc Quanto maior a qualidade do seu spray, o seu melhor resultado final. Idealmente, você deve ser capaz de névoa suavemente cada aplicação de cor sem o concreto Impermeabilizar- Use água com base de concreto selante e aplique 3 camadas permitindo tempo para secar completamente entre os dois. Reaplique uma vez por ano via spray para manter a cor.

Laudo de Acustica – Fim do barulho no condomínio?

Desde o final de maio de 2010, a construção de imóveis residenciais de até cinco andares devem obedecer à norma técnica 15.575 da ABNT, que estabelece padrões mínimos de qualidade às edificações, principalmente em relação a isolamento acústico e térmico. Objeto de discussão no setor da construção civil, a normativa será uma ferramenta legal para que os consumidores tenham a confiança de que os sistemas que compõem os edifícios atendam a requisitos mínimos de desempenho ao longo de uma determinada vida útil. Na entrevista abaixo, o doutor em Acústica e Vibrações, Vítor Litwinczik fala sobre as principais mudanças que a norma vai trazer em relação a um dos maiores problemas em condomínios: o barulho.
Qual o diferencial dessa norma?

Pela primeira vez uma norma trata de desempenho acústico de construções. Hoje é possível especificar o desempenho de paredes e pisos, por exemplo, e encontrar o culpado pelo ruído entrar no apartamento.

Como as construtoras estão se comportando em relação à norma?

Há uma preocupação grande em se adequar. As construtoras terão que se atualizar nas formas de especificar os materiais e na melhoria da qualidade dos empreendimentos. A norma, por si, não resolverá todos os problemas quanto ao conforto acústico em ambientes, até porque não é uma lei, mas acredito que levando em consideração certificações internacionais, as empresas do setor deverão seguir as determinações. E os profissionais que trabalham nessa área precisam estar muito bem informados.

Por ser uma norma, e não uma lei, é passível de cobrança?

Sim, a norma pode ser cobrada pelo consumidor. Se ele se sentir incomodado com o barulho do vizinho, por exemplo. É importante que o edifício siga um padrão mínimo e que esteja escrito em algum lugar, dizendo que o edifício segue a norma. Ela nomeia todos os responsáveis, por cada coisa. Basta entrar em contato com a construtora e comunicar o problema, ver como resolver. A principal preocupação da acústica ideal é com o sono: precisa ter um ambiente que permite o descanso, pois isso influencia diretamente no estresse, no humor da pessoa. O conforto acústico interfere diretamente na saúde do morador.

A norma se adequa também aos projetos populares, como os do programa “Minha Casa, Minha Vida”?

Sim. Ela foi feita pensando em iniciativas populares, de até cinco pavimentos. As obras com financiamento da Caixa já atendem às regras. A norma não vale para imóveis já construídos.

Existe uma pré-determinação de materiais?

Não há preocupação com os materiais, mas sim com o desempenho que eles vão ter. Isso deixa o construtor livre para usar qualquer material, desde que atenda a norma e garanta o conforto acústico.

Existe indicação de que o projeto vai ficar mais caro para se adequar à norma?

Se a construtora já vinha seguindo as outras normas, não vai mudar muito em termos de custo. Será mais caro para quem não seguia, mas não sei quantificar.

A norma é aplicada em outros tipos de edifícios, mais altos, por exemplo?

Se o problema não estiver associado à altura, a norma pode ser aplicada também em prédios com mais de cinco andares. Se a pessoa mora no 10º andar e o barulho do vizinho do lado incomoda, tem um problema independente de altura, por exemplo. A norma vale para este caso.

Entenda a norma

O que prevê a norma: padrões mínimos de qualidade na estrutura do prédio, que são: instalações hidrossanitárias, fachadas e coberturas

Vale para que tipo de empreendimento: unidades residenciais com até cinco pavimentos

Prazo: o conjunto de regras passa a ser obrigatória para todos os projetos que forem protocolados nas prefeituras a partir de 12 de novembro deste ano

Orientação para o comprador: O comprador vai ter que ser informado sobre a vida útil da edificação e como fazer a manutenção, que vai constar em manual elaborado pelas construtoras

Vida útil: Pela norma, pisos vão ter que durar pelo menos 13 anos; a estrutura 40 anos; e a cobertura e as instalações hidrossanitárias 20 anos

Fonte: A Gazetaonline

Quer controlar o nivel de ruidos pelo celular?

http://noisetube.net/download

Antes de abrir um comercio em Florianópolis, São Paulo, Rio de Janeiro, Vitória, Brasília é preciso pensar em uma Certidão de Tratamento Acústico.

A NBR 10.151 aponta os níveis de ruídos toleráveis nas áreas externas às edificações para garantir o conforto da comunidade, dependendo do período do dia. Em áreas estritamente residenciais o ruído não pode passar de 50 decibéis durante o dia e 45 à noite. Já nas áreas mistas com predominância residencial é de 55 dB (dia) e 50 dB (noite), mista com vocação comercial 60 dB (dia) e 50 dB (noite), e mista com predominância recreativa 65 dB (dia) e 55 dB (noite). Para verificar o nivel de ruido voce pode contar com um decibelimetro e mais recentemente com Apps em telefone celular como o Noise meter.

A falta da Certidão de Tratamento Acústico impede a liberação da licença de funcionamento e, em certos casos, implica em multa e até fechamento do bar, boate ou restaurante. Caso ocorram reclamações os fiscais da prefeitura têm o dever de realizar uma nova vistoria para verificar os resultados do documento emitido.

O laudo Acústico, ou Laudo de Ruído é um diagnóstico de como está o isolamento acústico do estabelecimento. Ele é realizado com base nas normas da ABNT e nas determinações da Lei Complementar;

O laudo de ruído deve ser elaborado por um profissional habilitado para esse fim. E mais importante que o laudo seja feito em condições normais de funcionamento da casa e no seu momento mais crítico, pois esse será o momento de maior incômodo para a comunidade.

Desde o final de maio, a construção de imóveis residenciais de até cinco andares devem obedecer à norma técnica 15.575 da ABNT, que estabelece padrões mínimos de qualidade às edificações, principalmente em relação a isolamento acústico e térmico. Objeto de discussão no setor da construção civil, a normativa será uma ferramenta legal para que os consumidores tenham a confiança de que os sistemas que compõem os edifícios atendam a requisitos mínimos de desempenho ao longo de uma determinada vida útil. Na entrevista abaixo, o doutor em Acústica e Vibrações, Vítor Litwinczik fala sobre as principais mudanças que a norma vai trazer em relação a um dos maiores problemas em condomínios: o barulho.

Se o consumidor se sentir incomodado com o barulho do vizinho, por exemplo. É importante que o edifício siga um padrão mínimo e que esteja escrito em algum lugar, dizendo que o edifício segue a norma. Ela nomeia todos os responsáveis, por cada coisa. Basta entrar em contato com a construtora e comunicar o problema, ver como resolver. A principal preocupação da acústica ideal é com o sono: precisa ter um ambiente que permite o descanso, pois isso influencia diretamente no estresse, no humor da pessoa. O conforto acústico interfere diretamente na saúde do morador.

Ela foi feita pensando em iniciativas populares, de até cinco pavimentos. As obras com financiamento da Caixa já atendem às regras. A norma não vale para imóveis já construídos.

Não há preocupação com os materiais, mas sim com o desempenho que eles vão ter. Isso deixa o construtor livre para usar qualquer material, desde que atenda a norma e garanta o conforto acústico.

Se a construtora já vinha seguindo as outras normas, não vai mudar muito em termos de custo. Será mais caro para quem não seguia, mas não sei quantificar.

Se o problema não estiver associado à altura, a norma pode ser aplicada também em prédios com mais de cinco andares. Se a pessoa mora no 10º andar e o barulho do vizinho do lado incomoda, tem um problema independente de altura, por exemplo. A norma vale para este caso.Fonte: A Gazetaonline

Cores na casa

Branco- Limpeza, Muito branco cansaço mental,simplicidade, luz, paz
Cinza– Neutra, ausência de energia,sabedoria
Vermelho- Força, virilidade, dinamismo, Agitação
Laranja– Expansão, Acolhedora e íntima., festa, comida, movimento
Amarelo-Criatividade, Alegria, Incentiva a conversação, Em excesso cansa
Verde -Harmonia- e equilíbrio, Calma, Bem estar, tranquilidade, paz,
Azul- Segurança e confiança, deprime, Frescura e higiene com o branco, Frio, céu, tranquilidade
Roxo-Mistério, Nobreza e poder, Sonho, egoísmo, nobreza, fantasia, doença
Marrom- Segurança e solidez
Rosa– Feminilidade , Intimidade, doçura, romantismo, delicadeza
Simulador de cores
Para criar um esquema de cores agradavel divida sua escolha nessas porcentagens:60% numa cor dominante, 30% numa cor secundaria, e 10% em uma cor para ressaltar o ambiente.
Considere como a luz natural e artificial vai afetar sua escolha da cor.
Nuance da sua cor favorita podem servir com cor neutra. E um balanco entre cor quente e fria
Nao confie totalmente nas cores da moda, porque elas podem ficar demode rapidamente.
Nao coloque cores muito especificas para mulher ou homem, em areas sociais.
Siga um esquema de cor monocromatico ou complementar, a porcentagem e nao sobrecarregue uma cor.
Escolher cores pra sua casa

Simulador de cores nos ambientes

Tintas suvinil

Sherwinwilliams

tintas Renner

Acessibilidade Urbana em Brasilia

Ampliação e melhorias na via Estrutural
Implantação de acessibilidade em pontos de ônibus
Construção de 700 pontos de parada de ônibus, construção de abrigos em 1.200 pontos e implantação de 200 baias (recuos para paradas de ônibus)
Execução de terminais de ônibus e integração
Pavimentação asfáltica do condomínio Pôr-do-Sol

Se você se incapacitar fisicamente, ou tiver que usar cadeiras de rodas, um dos banheiros da sua casa necessariamente deve ser planejado para ter acessibilidade.
Pequenos detalhes que certamente vão adicionar valor na revenda de sua casa, porque obviamente a população esta envelhecendo.
Sumário de alguns pontos que do projeto você deve considerar:
As entradas devem ter um mínimo de 70cm de largura para acomodar cadeiras de rodas.
As portas devem ter no minimo 30 cm do lado para permitir a manobra da cadeira, e no caso de alguém cair no banheiro e obstruir a entrada.
O banheiro deve permitir um circulo de 1,50m, para permitir a cadeira de rodas uma volta de 360 graus.
Registros de chuveiro, válvula hidradevem estar a 1,00m de altura do piso.
Não deve apresentar desníveis maiores que 1,5cm para acesso ao box e o piso deve ser antiderrapante.

Se você for fazer a calçada de sua casa, estude bem as diferenças de nível para evitar criar barreiras com desníveis.

NBR 9050 :2004-Acessibilidade a edificações , mobiliário,espaços e equipamentos urbanos

6-Acessos e circulação

6.1-Circulação -Condições Gerais

6.1.1-Pisos
Os pisos devem ter superfície regular , firme , estável e antiderrapante sob qualquer condição, que não provoque trepidação em dispositivos com rodas (cadeiras de rodas ou carrinhos de bebes ).

Admite-se inclinação transversal da superfície até 2% para pisos internos e 3% para pisos externos e inclinação longitudinal máxima de 5% . Inclinações superiores a 5% são consideradas rampas e , portanto , devem atender a 6.4 .

Recomenda-se evitar a padronagem na superfície piso que possa causar sensação de insegurança (por exemplo , estampas que pelo constraste de cores possam causar a impressão de tridimensionalidade )

6.1.4-Desníveis
Desníveis de qualquer natureza devem ser evitados em rotas acessíveis .Eventuais desníveis no piso de até 5mm não demandam tratamento especial .

Desníveis superiores a 5mm até 15 mm devem ser tratados em forma de rampa , com inclinação máxima de 1v:2h , conforme figura 76 .

Desníveis superiores a 15 mm devem ser considerados como degraus e ser sinalizados conforme a figura 63 .

6.2-Acessos -Condições gerais

6.2.1-Nas edificações e equipamentos urbanos TODAS as entradas devem ser acessíveis , bem como as rotas de interligação às principais funções do edifício

6.2.3-O percurso entre o estacionamento de veículos e as entradas principais deve compor uma rota acessível .Qdo da impraticalidade de se executar rota acessível entre estacionamento e as entradas acessíveis , devem ser previstas vagas de estacionamentos exclusivas para as pessoas com deficiência física , interligadas às entradas através de rota acessível .
Fonte : ABNT

Projeto do banheiro

Seu banheiro está entre os primeiras imagens que você vê quando você acorda de manhã, e pode afetar seu humor o dia inteiro.
O banheiro geralmente é o espaço menor da casa. Mas é equivalente a cozinha para o número decisões arquitetonicas que devem ser feitas. Do ponto de vista do projeto, o banh eiro apresenta alguns dos maiores desafios, mas junto com os desafios vêm as oportunidades; com um bom planejamento você pode criar um banheiro que seja do s

eu gosto.
ACESSIBILIDADE:
Se você se incapacitar fisicamente, ou se você tiver que usar cadeiras de rodas um dos banheiros da sua casa necessariamente deve ser planejado para ter acessibilidade, o que certamente vai adicionar valor na revenda de sua casa, porque obviamente a população esta envelhecendo. Sumário de alguns pontos que do projeto você deve considerar: As entradas devem ser um mínimo de 70cm de largura para acomodar cadeiras de rodas e . As portas devem ter no minimo 30 cm do lado para permitir a manobra da cadeira, e no caso de alguém cair no banheiro e obstrui a entrada. Mas igualmente facilita para incapacitou (ou mesmo alguém em muletas!) para mover-se facilmente . O banheiro deve permitir um circulo de 1,50m, para permitir a cadeira de rodas uma volta de 360 graus. Registros de chuveiro, válvula hidra devem estar a 1,00m de altura do piso. Não deve apresentar desníveis maiores que 1.5 cm para acesso ao boxe e o piso deve ser antiderrapante.
CORES DO BANHEIRO: Em linhas gerais, as cores do banheiro devem ser claras para aparentar maior e arejado, mas você pode adicionar cores vibrantes em partes do banheiro.
Branco- Limpeza, Muito branco cansaço mental,simplicidade, luz, paz
Cinza– Neutra, ausência de energia,sabedoria
Vermelho- Força, virilidade, dinamismo, Agitação
Laranja– Expansão, Acolhedora e íntima., festa, comida, movimento
Amarelo-Criatividade, Alegria, Incentiva a conversação, Em excesso cansa
Verde -Harmonia- e equilíbrio, Calma, Bem estar, tranquilidade, paz,
Azul- Segurança e confiança, deprime, Frescura e higiene com o branco, Frio, céu, tranquilidade
Roxo-Mistério, Nobreza e poder, Sonho, egoísmo, nobreza, fantasia, doença
Marrom- Segurança e solidez
Rosa– Feminilidade , Intimidade, doçura, romantismo, delicadeza
ESTRATÉGIAS SUSTENTÁVEIS NO BANHEIRO:

DETALHES DO BANHEIRO:
Seleção da bancada
Bidet
Cuba
Metais da cuba
Ducha higiênica
Chuveiro
Válvulas de chuveiro
Vaso sanitário
Banheira de hidromassagem
Porta papel
Porta toalhas
Portas do chuveiro
Barras de apoio
Ventilador/luz sobre a cuba/chuveiro