Anúncios
//
you're reading...
conforto ambiental

PROJETOS DE TELHADOS VERDES-VANTAGENS E DESVANTAGENS

Telhados verdeprojeto de telhado verde2
Os jardins de terraço tem algumas vantagens importantes sobre telhados tradicionais. Mas eles envolvem custos mais elevados, maior manutenção e alguns problemas potenciais que devem ser levados em conta.

 Os telhados verdes são uma solução ambiental. Eles reduzem ilhas de calor urbana(temperaturas mais elevadas urbana causada por tradicionais telhados escuros coloridos e calçadas, e os materiais utilizados neles) e pode ser uma opção importante para reduzir a poluição da cidade.
 Do ponto de vista do dono da casa, os telhados verdes são uma forma de reduzir o uso de ar-condicionado (que proporcionam excelente isolamento e temperaturas mais frias no interior).

Vantagens:


– Telhados verdes são isolantes de som excelente.
-pode ser um bom habitat para as aves e animais outros pequenos;
– Eles assimilam grandes quantidades de chuva, reduzindo as necessidades de sistemas de esgoto e escoamento de água mitigação tempestade ( têm um papel importante na gestão de águas pluviais, uma vez que eles agem como esponjas durante tempestades).
– Vegetação telhados verdes absorve as toxinas do ar negativo, purificador do ar urbano.
– Maior vida útil da base do telhado.

Custos de telhados verdes

Telhados verdes envolvem custos mais elevados do que coberturas tradicionais. R$ 150,00 por metro quadrado é um media (inclui materiais, custos de trabalho e de instalação)Estes valores podem ascender a 5-10 vezes o custo de um tradicional telhados tradicional 

Estes  custos podem em pelo menos em parte compensado pela economia de energia de ar condicionado, mas o retorno do investimento pode ser muito longo ou você nunca pode alcançá-lo.

Desvantagens  de telhados verdes


Além de seus custos mais elevados, telhados verdes apresentam outro tipo de desvantagens potenciais:

– Aumento dos custos de manutenção;projeto de telhado verde
– Restrições que envolvem condições de clima e tempo (exemplo

: jardins no último andar são inapropriadas em lugares de muito vento; plantas são frágeis e podem ser não s
obreviver).
– Sistemas de drenagem complexos;
– Eventualmente, estrutura do telhado mais forte, a fim de apoiar as várias camadas telhado verde, ou seja, a camada de solo;
– Reparações mais caras  (encontrar e consertar vazamentos eventual é mais caro e difícil).
 Sobre a estrutura impermeabilizada do telhado ou da laje, colocam-se manta de proteção antirraízes, manta de retenção de nutrientes, terra adubada e plantas que exijam poucos cuidados em relação a água, poda e nutrição.

Esse conjunto barra ruídos que vêm de fora e ainda pode virar uma área de lazer, dependendo da inclinação da cobertura e do peso que suporta. Além dos benefícios para os moradores, o planeta sai lucrando, pois telhados verdes diminuem a concentração de calor nas grandes cidades e ajudam a reduzir os riscos de alagamento, já que a água da chuva escoa mais lentamente.

ABSORÇÃO DE ÁGUA

O telhado verde substitui parte do solo permeável ocupado pela casa. Assim, a drenagem da chuva acontece em ritmo lento, evitando enchentes em locais cobertos de asfalto, cimento ou piso cerâmico, que não absorvem a água.
SISTEMA MODULAR
É instalado sobre uma membrana de retenção de nutrientes e uma membrana antirraízes colocadas sobre o telhado ou a laje impermeabilizada. É vendido por empresas como Ecotelhado, Instituto Cidade Jardim e Sky Garden a partir de R$ 90/ m2 colocado.
SISTEMA EM CAMADAS
O engenheiro calcula o peso que o telhado pode suportar. Então a equipe da obra monta a cobertura verde.

ARGILA EXPANDIDA Oferece isolamento termoacústico em lajes impermeabilizadas. Na versão mais simples, leva apenas brita e argila expandida. Mas pode incluir também areia, terra e plantas.PLANTAS QUE VÃO BEM NA COBERTURA 

• Echevéria (Echeveria glauca) Rústica como toda a família das suculentas, pode ser tratada como a carpete-dourado, com regas apenas em caso de seca prolongada, sem exigir poda. Pede adubação semestral e não resiste a pisoteio.• Carpete-dourado (Sedum acre) Espécie de suculenta (planta capaz de armazenar água) de baixo porte que sobrevive bem em solo raso e exige cuidados simples: dispensa poda, exige água e aguenta períodos de seca, mas não pisoteio.• Grama-amendoim (Arachis repens) Proporciona forração densa, com flores amarelas em boa parte do ano. É mais indicada para áreas sem pisoteio, dispensa podas regulares e suporta períodos de seca, embora sofra com geadas.• Grama-esmeralda (Zoysia japonica) Resistente ao pisoteio, é um dos tipos mais rústicos entre as gramíneas. Para que fique viçosa, depende de rega quando a chuva for insuficiente. Adubação semestral e poda periódica a mantêm homogênea.

• Cacto-margarida (Lampranthus productus) A planta rasteira da família das suculentas floresce durante a primavera e o verão. Encara o clima frio, mas não o pisoteio. Exige água apenas nos dias mais secos e adubação semestraTelhado Verde
1| Redução do efeito ilha de calor nas cidades.
2| Cria um micro clima para a região, com condições mais satisfatórias, propiciando o retorno da fauna (pássaros) a estes locais.
3| Mantêm os ambientes mais frescos durante o dia, e conseqüentemente reduzem o consumo de energia elétrica utilizada em sistemas de refrigeração, reduzindo em até 90% o fluxo de calor nos ambientes internos.
4| Funciona como um isolante acústico reduzindo os ruídos e atenuando os sons do local.
5| O paisagismo utilizado seqüestra carbono do meio ambiente, absorvendo cerca de 5 kg de CO² por m² de cobertura verde.
6| Retém partículas em suspensão, funcionando como um grande filtro natural da água escoada, possibilitando o aproveitamento desta água para uso em funções não potáveis, como descarga de vasos sanitários, lavagem de pisos e carros.TELHADO VERDE
7| Absorve cerca de 30% do volume de água pluvial e diminui a velocidade de escoamentos destas águas nas g alerias públicas, retardando a formação de enchentes.
8| Sobre valorizam o imóvel e aumentam sua área útil, com a criação de áreas de lazer e descanso nestas coberturas.
9| Proporcionam a redução dos custos operacionais devido à redução do consumo de energia e o reaproveitamento da água de chuva.
10| O peso pode variar de 50 kg/m² para telhados sem trânsito a 190 kg/m² para lajes com transito, dependendo do tipo de telhado verde e paisagismo a ser utilizado.
11| Tem baixa manutenção devido às plantas serem apropriadas para o uso e adequadas ao local, com alta resistência ao calor, não precisando de podas e regas constantemente.
12| O custo pode variar de R$150,00 a R$230,00/m², que poderá ser rapidamente pago com a redução das despesas operacionais

Anúncios

Discussão

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Anúncios

//pagead2.googlesyndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js

(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

Map IP Address
Powered byIP2Location.com

%d blogueiros gostam disto: