DIFERENTES TIPOS DE LAREIRAS, PRATICIDADE E CUSTOS

Lareiras a lenha proporcionam uma atmosfera romântica, mas elas não tem a facilidade e eficiência de lareiras a gás.

Você não tem que se preocupar com a lenhalareiras a gas
Não há cinzas para saco, sem cheiros de fumaça, sem chaminé de limpar.
Você pode iniciar, ajustar e extinguir o fogoe com o toque de um controle remoto.
 O fogo não precisa de cuidados.
Um termóstato de parede pode controlar o tamanho da chama e do calor para manter um ajuste de temperatura específico na sala.
Os painéis de vidro fixo cobrindo a saida direta do calor assegurar que o forno ou caldeira ar aquecido no resto da casa não escapa a combustão, como faz com um fogo de lenha.
Você pode obter 75 a 99% da energia de um combustível de volta na forma de calor, em vez de a 10 a 30 % para os fogos de madeira.
Lareiras a gás pode ir em qualquer lugar, em uma banheiro, em um porão, ou ao ar livre, sem a necessidade de uma chaminéOs tipos existentes são as lareiras elétricas, à gás, à lenha, salamandras e as lareiras ecológicas

Lareiras à Lenha

As tradicionais lareiras à lenha preservam o cheiro da lenha, os estalos da madeira queimando e a cor natural do fogo. Elas podem ser feitas de alvenaria ou de metal. Existe as opções de comprá-la prontas ou mandar fazer sob medida embutida na parede da  casa.

O tamanho do equipamento deve ser calculado para que haja eficiência tanto na função de distribuir calor quanto no espaço disponível no ambiente. Cuidados como utilizar um tijolo refratário e uma porta térmica de vidro evitam problemas no futuro.

Lareiras a gás

Uma opção que não faz sujeira e nem fumaça pois não gera fuligem. É indicada também para apartamentos,  pois  não são necessários os tubos verticais de exaustão. Um cano de cobre conecta a saída da lareira até a entrada de gás na cozinha.Pode ser de botijão ou GLP encanado, e escolher uma marca que seja homologada por um órgão competente, como a ABNT (NBR 13.932). A instalação deve ser feita por profissionais. Um dos cuidados é a existência de uma válvula para bloquear a passagem de gás caso o fogo apague.Esteticamente a lareira à gás da um ar moderno ao ambiente em que for instalada. Pode ser em formato linear com proteção de vidro temperado ou no formato com grelha, que vem acompanhado de toras de cerâmica imitando a lenha, ou de pedras vulcânicas. As pedras duram muitos anos, mas um cuidado na compra: elas devem ser isentas de enxofre.

Quanto custam?
Espere pagar de 4 a 8 mil reais (incluindo a instalação) para a ter uma lareira a gas.
Gás natural ou propano?
Lareiras a gás pode queimar qualquer tipo. O gás natural é menos caro e produz cerca de 5 por cento mais calor. Escolha propano onde o gás natural não está disponível.
 LAREIRA A  GAS (Mobile) (2)
Quantos Btus?
Saída de calor de uma lareira a gás, em Btus, deve coincidir com o tamanho da sala, clima e nível de isolamento da sua casa.

Lareiras elétricas

A vantagem desta opção é a facilidade de manuseio, para ligar basta apertar um botão – da lareira ou do controle remoto. A diferença desta para a lareira a gás, é que na elétrica não há queima de fogo. O sistema é o mesmo dos aquecedores, sendo necessária uma tomada. E para o efeito do fogo queimando há duas opções: toras de cerâmica imitando as lenhas de madeira ou imagens de chamas em 3D.Como o principio de funcionamento é o mesmo das estufas, a lareira elétrica tira a umidade do ambiente. Então, é indicado deixar um recipiente com água no local. Aproveite para complementar a decoração com um vaso de água que combine com os elementos da sala.

Lareira Ecológica

Feita em recipientes de aço inoxidável, a chama da lareira ecológica se mantém acesa através do biofluido à base de etanol. A substância foi desenvolvida especialmente para este fim e sua combustão não produz fumaça nem cheiro. A quantidade de fluido da utilização é indicada conforme o tamanho do modelo escolhido. Um litro fornece de 2 a 4 horas de funcionamento. As chamas têm coloração amarela, assim como as das lareiras à lenha.A emissão de CO2 é baixíssima, menor que o equivalente a nossa respiração. O kit vem com um acendedor, e não é indicado que utilize palitos de fósforo. Uma limpeza deve ser feita regularmente. Este formato é popular na Europa há mais de 15 anos, no Rio Grande do Sul é possivel encomendá-la a uma representante da marca.

Para ambientes internos e externos, existem salamadras de diversos estilos. Do vintage ao contemporâneo, passando pelo rústico. Os modelos são feitos em chapa de aço ou ferro fundido, e podem receber acabamentos em cerâmica e revestimento interior de tijolo refratário. A diferença do material reflete na durabilidade.

O combustível usado nas salamandras pode ser de três tipos: lenha, carvão ou pelets. Nos dois primeiros a exaustão deve ser feita com encanação vertical. Pelets é uma argamassa prensada de aparas de madeira e serradura. As vantagens da escolha de modelos que requerem este combustível são a alimentação automática e, como produz menos fumaça, pode ter uma exaustão horizontal. Além de poder ser ligada com controle remoto e regulaglareiras a gas projetoem eletrônica de temperatura.

A vantagem da salamandra em relação as lareiras é o modelo que vem com forno acoplado. Semelhante ao fogão à lenha, oferece uma utilidade extra

para quem decidir colocá-la no jardim, em um espaço gourmet ou na casa de campo. É importante fazer revisão anual, limpeza do tubo de estração da fumaça.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s