Casa LEED com um tamanho compacto, LEED Platina

Estudo da casa sustentável

Casa LEED em Eugene, Oregon demonstra as possibilidades estéticas e de poupança energética das habitações verdes.

Com um tamanho compacto, fachada eficiente e as decisões inteligentes, ganharam LEED Platina. 
Arbor Sul construiu a casa em um lote proximo de lojas e da comunidade; uma extensa rede de vias de ciclistas é acessível.  Ostentando um olhar tradicional do Pacífico Noroeste, o espaco é projetado para mostrar os compradores locais que o verde indo não significa sacrificar a estética.
A cozinha moderna dispõe de piso de madeira recuperado, Energy Star geladeira e máquina de lavar louça de KitchenAid, armários de madeira originárialocalmente
, e as bancadas com conteúdo reciclado. janelas com grades de inundação da sala aberta, com luz natural.

 Equipamentos dos banheiros

Além de equipamentos de baixo fluxo, os banheiros possuem piso de cortiça Sustentável Pavimentos e bancadas PaperStone, que são criados a partir de resíduos pós-consumo e resina de petróleo-livre.Um piso plano aberto e atenção para a colocação da janela aumentar a quantidade de luz natural infiltrar o espaço.
Pioneer piso Millworks recuperado traz um um-de-uma espécie de olhar para os quartos e no resto da casa. Creative colocação de uma parede interior seções fora do armazenamento.

 Janelas em dois lados do quarto traz luz natural e faz parecer o quarto maior.

 Plantas tolerantes à seca e piso permeável mantem este quintal relaxante eco-friendly. Um cisterna
mil galões (canto superior direito) empresta um toque moderno e industrial, enquanto o fornecimento de água para as plantas e para a lagoa da paisagem (superior esquerdo).

 Certificação LEED

Quando Bill Randall e Arbor Sul Arquitetura criada para projetar seu primeiro projeto com certificação LEED, eles não apenas limp em que quebrou recordes. O Sábio, um 1447 metros quadrados, dois quartos, duas casa de banho em Eugene, Oregon, ganhou 110 pontos LEED, o suficiente para beneficiar do estatuto de platina e ganhar a distinção do Ocidente maior pontuação LEED casa das Montanhas Rochosas.
A casa, concluída no mês passado e destaque na Home Builders Eugene Tour, é uma ferramenta educacional para o designer eo consumidor também. Para Arbor do Sul, o sábio e seu processo de certificação LEED foi uma oportunidade para construir uma experiência de uma empresa olhando para redirecionar a sua missão de design para menores, casas mais eficientes. Com uma estética moderna descompromissada por uma extensa lista de características verdes, a casa também serve como um alerta para compradores locais sabem que a vida sustentável e design agradável andar de mãos dadas.
“Ele foi projetado e construído de uma forma que mostra como você pode estar fora da tabela em termos de eficiência, mas ainda ser esteticamente agradável”, diz Randall, AIA, LEED-AP. “É muito esteticamente agradável e suportável muito.”
Como a maioria das casas de ultra-verde, a sálvia, começa com um envelope apertado, com paredes duplas cravo 2×4, placas separadas para eliminar pontes térmicas, Demilec Agribalance isolamento de espuma de spray para R-32 nas paredes e P-45 nos tectos abobadados, e fechamento hermético. Como resultado, a casa é 12 vezes mais rigorosos do que os requisitos Energy Star.
Um ventilador de recuperação de calor é incluído para assegurar o intercâmbio de ar fresco dentro da casa apertada. Um sistema de água quente solar e 2,1 kW de energia solar fornecer 40% a 50% da energia da casa precisa.
Design de produto e as escolhas que contribuem para a poupança de energia incluem janelas south-facing com saliências e uma prateleira de luz clerestórios, o Tempo janelas do vinil Vane carregam um valor U de 0,27. A máquina de lavar louça de KitchenAid, geladeira e máquina de lavar roupa com etiqueta Energy Star, e os banheiros incluem baixo fluxo de torneiras de Danze Kohler e banheiros com descarga dupla.
Materiais sustentáveis
Materiais sustentáveis e locais eram usados por toda parte, incluindo piso de madeira recuperada da Pioneer Millworks, cortiça Pisos Sustentável nos banheiros (incluindo Showercork, feito a partir de discos de rolhas de vinho, no master), e com conteúdo reciclado Squak Stone Mountain bancadas da cozinha e casa de banho PaperStone bancadas. tapume acento no exterior foi trabalhada com bancos redwood remilled que foram recuperados a partir de um anfiteatro ao ar livre local.
plantas tolerantes à seca, foram selecionadas, e um rainchain drena para uma cisterna de 1.000 litros a ser utilizada para regar plantas e para a paisagem da lagoa no quintal.
Com menos de 1.500 metros quadrados, o tamanho do sábio é uma partida de modelos mais recentes Arbor sul. Ao mesmo tempo, a empresa tinha sido parte de um programa piloto para um programa de construção local eficiente, Super Bom Senso Oregon, mas foi gradualmente caindo com o mercado para projetos maiores. Com o sábio, “Nós sentimos um desejo de voltar às nossas raízes e realmente voltar para menores de habitação sustentável”, explica Randall.
A marca de origem do preço de 459.000 dólares é de cerca de 100.000 dólares para 180.000 dólares mais do que casas típicas de que o tamanho da área (apesar de um custo elevado para o local de enchimento prémio contribuiu), mas Randall diz que o objetivo era educar sobre todas as possibilidades disponíveis.”Nós queríamos fazer uma casa de demonstração para mostrar às pessoas o que pode ser feito”, diz ele, observando que a pessoa média não pode optar por tomar todas as medidas para sua própria casa, mas que o projecto apresenta um leque de opções para escolher, cada um passo para fazer uma casa nova e mais eficiente e eco-friendly.
Como parte de seus esforços para educar os consumidores, Randall preparou um pacote de clipes de vídeo que descreve as seleções ecológica feita em O sábio, com ênfase nos porque os produtos foram escolhidos e demonstrando a relativa facilidade de tais decisões.
Tomasulo Katy é Editor-adjunto dos EcoHome.Case Study: Record-Breaking LEED Home in Eugene, Ore.
Efficient home demonstrates the aesthetic possibilities and energy savings of ultra-green homes.Small Wonder
With a compact footprint, efficient envelope, and smart product decisions, The Sage soared past LEED-Platinum.
Play Slideshow >>When Bill Randall and Arbor South Architecture set out to design their first LEED-certified project, they didn’t just limp in—they broke records. The Sage, a 1,447-square-foot, two-bedroom, two-bath home in Eugene, Ore., earned 110 LEED points, enough to qualify for Platinum status and earn the distinction of the highest-scoring LEED home west of the Rockies.
The house, completed last month and featured on the Eugene Home Builders Tour, is an educational tool for designer and consumer alike. For Arbor South, The Sage and its LEED certification process was an experience-building opportunity for a firm looking to redirect its design mission toward smaller, more efficient homes. With a modern aesthetic uncompromised by an extensive list of green features, the home also serves as an eye-opener for local buyers unaware that sustainable living and pleasing design go hand in hand.
“It’s designed and built in a way that shows how you can be off the charts in terms of efficiency, but still be aesthetically pleasing,” says Randall, AIA, LEED-AP. “It’s very aesthetically pleasing and very livable.”
Like most ultra-green homes, The Sage starts with a tight envelope, featuring double 2×4 stud walls, separate plates to eliminate thermal bridging, Demilec Agribalance spray-foam insulation for R-32 in the walls and R-45 in the vaulted ceilings, and tight sealing. As a result, the house is 12 times tighter than Energy Star requirements.
A heat recovery ventilator is included to ensure fresh-air exchange inside the tight house. A solar hot water system and 2.1-kW solar electric provide 40% to 50% of the home’s energy needs.
Design and product choices contributing to energy savings include south-facing windows with overhangs and a light shelf of clerestories; the Weather Vane vinyl windows carry a U-value of 0.27. The KitchenAid dishwasher, refrigerator, and washing machine are Energy Star-labeled, and the bathrooms include low-flow faucets from Danzeand Kohler dual-flush toilets.
Sustainable and local materials were used throughout, including reclaimed wood flooring from Pioneer Millworks,Sustainable Flooring cork in the bathrooms (including Showercork, made from discs of wine corks, in the master), and recycled-content Squak Mountain Stone kitchen countertops and PaperStone bath countertops. Accent siding on the exterior was crafted with remilled redwood benches that were reclaimed from a local outdoor ampitheater.
Drought-tolerant plants were selected, and a rainchain drains into a 1,000-gallon cistern to be used for watering plants and for the landscape pond in the yard.
With less than 1,500 square feet, The Sage’s size is a departure from Arbor South’s more recent designs. At one time, the firm had been part of a pilot program for a local efficient building program, Super Good Sense Oregon, but gradually drifted with the market toward larger projects. With The Sage, “We felt a desire to get back to our roots and really get back to smaller, sustainable housing,” Randall explains.

The home’s price tag of $459,000 is about $100,000 to $180,000 more than typical homes of that size in the area (though a hefty cost for the premium infill location contributed), but Randall says the goal was to educate on all the available possibilities. “We wanted to do a demonstration house to show people what can be done,” he says, noting that the average person may not choose to take every step for their own home, but that the project showcases a range of options to choose from, each another step toward making a new home more efficient and eco-friendly.

As part of its efforts to educate consumers, Randall put together a package of video clips describing the eco-friendly selections made in The Sage, placing emphasis on why the products were chosen and demonstrating the relative ease of such decisions.
Katy Tomasulo is Deputy Editor for EcoHome.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s